Mercado Imobiliário 9 mar / 2017

Tendência: morar em um contêiner

Tendência: morar em um contêiner - Ademilar

Cada vez mais, os contêineres vêm se tornando uma alternativa bastante viável de moradia, por conta de suas características sustentáveis e da economia que proporcionam.

Este tipo de compartimento, ao ser reutilizado na construção, exige poucos recursos naturais e gera menos resíduos em relação às obras tradicionais. Além disso, pode ficar até 30% mais barato na comparação com casas de alvenaria (o custo de um contêiner, dependendo do modelo, varia entre R$ 3 mil e R$ 12 mil) e ser concluído em até três meses.

O contêiner, ao ser reutilizado na construção, exige poucos recursos naturais e gera menos resíduos em relação às obras tradicionais - Ademilar

Ao adquirir um contêiner é imprescindível conhecer a procedência da peça e conferir seu estado de conservação: os quatro cantos do caixote devem estar íntegros, sem partes amassadas, formando um ângulo de 90 graus. Recomenda-se ainda evitar aqueles que tenham sido usados para o transporte de produtos tóxicos.

O projeto deve ser feito de forma antecipada, uma vez que recortes e reforços na estrutura são feitos na fábrica. O proprietário precisa verificar ainda se o terreno permite a entrada de caminhões grandes e de um guindaste. Ao recortar a estrutura para instalar portas e janelas ou fazer a justaposição de módulos, é essencial reforçá-la com steel frame, para que os painéis ondulados que sustentam o contêiner não cedam. Dependendo do tamanho das aberturas, vigas e colunas também podem ser necessárias.

O projeto deve ser feito de forma antecipada, uma vez que recortes e reforços na estrutura são feitos na fábrica - Ademilar

O arquiteto Daniel Kalil afirma que não basta simplesmente colocar o contêiner em um terreno: como ele pesa cerca de duas toneladas, é preciso criar uma base estável para que não afunde, através de uma fundação rasa com laje de concreto, por exemplo.

Depois de instalado, o contêiner passa por intervenções, como a colocação de revestimentos termoacústicos. Há opções variadas no mercado, desde lã de rocha ou de vidro e poliuretano até o Isoft, feito de garrafa PET.

Depois de instalado, o contêiner passa por intervenções, como a colocação de revestimentos termoacústicos - Ademilar

A escolha do piso exige atenção: o revestimento deve ser maleável para suportar a movimentação natural da estrutura metálica do contêiner. Assim, evite os cimentícios e prefira os de porcelanato ou cerâmica.

Instalações elétricas e hidráulicas normalmente ficam aparentes, no melhor estilo industrial, facilitando a manutenção - Ademilar

Instalações elétricas e hidráulicas normalmente ficam aparentes, no melhor estilo industrial, facilitando a manutenção. Para evitar choques ao encostar nas paredes, o proprietário também deve instalar um para-raios no teto, pois o metal é condutor de correntes elétricas.

Veja também: Óculos de realidade virtual: aliados do mercado imobiliário

—————————————————————————————–

A Ademilar é especialista em consórcio de investimento imobiliário e, desde 1991, já atendeu mais de 25 mil clientes. Para comprar, construir, reformar, investir em imóveis, garantir o futuro dos filhos e fazer uma Aposentadoria Imobiliária Ademilar, contamos com uma equipe especializada.

Acesse o site ou agende uma visita! http://www.ademilar.com.br/

———

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *