Onde Morar 2 jan / 2012

Centro, local com o metro quadrado mais caro da cidade

Centro, local com o metro quadrado mais caro da cidade - Ademilar

O centro de Curitiba, que compreende também o São Francisco, o Rebouças e o Centro Cívico, apesar do trânsito pesado, do movimento  constante de pessoas e do ar de cidade grande, é um dos locais mais almejados para se morar. Isso porque os empreendimentos na região, que ultimamente têm ganhado estilos mais modernos, oferecem diversas comodidades ao ocupante, como redes wi-fi, serviços pay-per-use, lavanderia e outros.

Centro, local com o metro quadrado mais caro da cidade - Ademilar

Demanda

Entre 2010 e os primeiros 10 meses de 2011, 4.181 novas construções residenciais foram levantadas no centro da cidade. Esse número é 280% maior do que o registrado entre 2003 e 2009 – 785. Grande diferença, não? A participação da região central na construção de novos empreedimentos subiu de 4% para 15% neste ano.

Centro, local com o metro quadrado mais caro da cidade - Ademilar

As construções do centro de Curitiba têm como foco o público jovem, casais sem filhos e pessoas idosas que moram em casas grandes, mas querem mudar para um local menor. Hoje, o metro quadrado do centro (R$ 5.093) é 7% superior ao cobrado em outras regiões da cidade (R$  4.744).

Centro, local com o metro quadrado mais caro da cidade - Ademilar

Vale a pena morar no centro?

Vale muito a pena. Além de imóveis bem cotados que tendem a valorizar mais ainda, o morador do centro tem tudo ao seu redor – comércio, bancos, shoppings, áreas de lazer, ônibus e serviços públicos. Para quem tem dinheiro em caixa e deseja fazer um pouco mais, comprar empreendimentos na região é um ótimo investimento, que com certeza trará retorno.

Veja também: Curitiba, de cidadezinha a grande metrópole

2 comentários “Centro, local com o metro quadrado mais caro da cidade”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *