4 modelos de negócios da economia colaborativa

4 modelos de negócios da economia colaborativa - Ademilar

A economia colaborativa está presente em várias situações do nosso cotidiano e é uma tendência que veio para ficar, além de ser benéfica para a sociedade moderna. Confira nesse artigo quais modelos de negócio utilizam o compartilhamento como uma maneira sustentável de consumo.

O que é a economia colaborativa?

A economia colaborativa compreende a aquisição de bens e serviços através do compartilhamento. Essa forma de consumo é uma alternativa do mercado atual para unir pessoas, reduzir gastos e evitar o acúmulo de bens, e tem como base a troca, o aluguel, o empréstimo, a doação e a reutilização.

Quais os benefícios da economia colaborativa?

Existem várias vantagens de adquirir bens e serviços de modo compartilhado, entre elas destaca-se conectar pessoas com propósitos em comum. Esse aspecto foi facilitado pela tecnologia, que hoje permite que consumidores e fornecedores interajam de maneira simples e direta. Além disso, a economia é significativa, pois é possível usufruir de produtos e serviços temporariamente, sem a necessidade de comprar um item que não seria utilizado com tanta frequência.

O modelo colaborativo vai de encontro ao consumo desenfreado, propondo uma maneira mais consciente de viver, com mais qualidade, utilizando produtos sem desperdiçar recursos e diminuindo o impacto sobre o meio ambiente.

Modelos de negócio da economia colaborativa

Atualmente, o compartilhamento é visto em vários modelos de negócio. Conheça alguns dos setores nos quais a economia colaborativa já está inserida.

1 – Reaproveitamento

Hoje, existem negócios voltados para o reaproveitamento de produtos, demonstrando uma nova visão por parte dos empreendedores. Há várias lojas físicas e virtuais focadas em comercializar itens usados, como roupas, acessórios, brinquedos e móveis, o que não significa que não estejam em bom estado de conservação. Muitas vezes, o que não é mais útil para uma pessoa pode ser justamente o que outra procura.

2 – Habilidades compartilhadas

Com o modelo de economia colaborativa, até as habilidades podem ser divididas com os outros. Alguns aplicativos conectam pessoas que possuem conhecimentos específicos com quem precisa de determinado serviço. Nessa troca, recebe-se uma remuneração ou recompensa. Há pessoas que conseguem hospedagem durante as viagens, por exemplo, oferecendo aulas sobre sua língua e cultura.

3 – Produtos e serviços

Uma das áreas mais contempladas por esse modelo de consumo é a de produtos e serviços, em que se divide a utilização dos bens, como nos aplicativos de carona. Nesse contexto, também é possível destacar os escritórios para coworking e o empréstimo temporário de itens, como uma furadeira ou escada, sem a necessidade de que o usuário compre esses produtos.

4 – Soluções financeiras

Com a facilidade de aquisição de bens de forma compartilhada, serviços financeiros também são reinventados. O consórcio, embora exista há quase 60 anos, é um ótimo exemplo de economia colaborativa, por ser uma maneira prática de alcançar objetivos.

Consórcio

Em um grupo de consórcio, o cliente paga parcelas mensais que formam um fundo comum. Este fundo beneficia a todos os consorciados, que podem ser contemplados através de sorteio ou lance. Outra característica da modalidade é a facilidade de acesso a bens que têm um alto valor de aquisição, já que neste caso não é preciso pagar entrada nem são cobrados juros.

Além disso, a flexibilidade que o consórcio oferece para adquirir planos conforme o seu orçamento é um incentivo ao consumo consciente, pois respeita suas possibilidades financeiras. A modalidade é, ainda, uma alternativa para economizar, visando objetivos futuros de forma programada.

O Consórcio Compra Compartilhada da Ademilar é uma maneira prática e econômica de concretizar projetos imobiliários. Simule em nosso site e confira os planos disponíveis para investir em imóveis.

Leia também: Quanto custa investir em um consórcio

Sobre a Ademilar

A Ademilar é especialista e pioneira em consórcio de imóveis no Brasil, desde 1991 já atendeu mais de 55 mil clientes e comercializou mais de 13 bilhões em créditos. Se o seu objetivo é comprar, construir, reformar, investir em imóveis, garantir o futuro dos filhos ou fazer uma aposentadoria imobiliária, a Ademilar irá te ajudar a planejar o seu futuro e o de sua família!

Acesse o site e faça uma simulação www.ademilar.com.br

Conheça mais sobre consórcio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *