Quatro a cada dez jovens não se preparam para a aposentadoria

Quatro a cada dez jovens não se preparam para a aposentadoria - Ademilar

Quem quer ter uma aposentadoria tranquila precisa começar a se planejar desde cedo. Este é o conselho unânime entre os especialistas. Embora os jovens tenham facilidade para acessar a internet e outras fontes de informação, ainda é grande a parcela daqueles que não se preparam para um futuro confortável, especialmente em uma sociedade imediatista, em que o planejamento a longo prazo não é um hábito.

A constatação é de uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), com 601 consumidores, divulgada no início do mês. De acordo com o levantamento, quatro em cada dez jovens (38,7%) entre 18 e 30 anos não se planejam para a aposentadoria. O índice aumenta entre as mulheres, 48,2%, e entre as classes C, D e E, 43,6%.

Os motivos são variados: 36,2% alegam que nunca sobra dinheiro, 21,7% acreditam ser cedo para pensar no assunto e 21,3% afirmam não saber como fazer esse planejamento financeiro. Ainda que não se planejem, os participantes têm consciência do que esta falha acarretaria: 31,2% entendem que a instabilidade financeira prejudicaria a aposentadoria, 26,4% disseram que provavelmente terão um padrão de vida inferior em relação ao padrão atual e 16,8% acreditam que não poderão parar de trabalhar.

Ao considerar os jovens que têm o INSS pago pela empresa, 61,3% dos entrevistados garantem que se preparam para a aposentadoria. A poupança (33,3%) e o pagamento do INSS de forma autônoma (19,3%) aparecem como as formas mais comuns de planejamento. Na lista de razões para isso foram citados “ser uma pessoa precavida”, com 26,1%, o exemplo próximo de pessoas que não se planejaram e tiveram problemas financeiros, com 20,2%, e a orientação recebida de amigos e familiares sobre a importância de se precaver, com 19%.

Cabe ressaltar que os métodos escolhidos pelos entrevistados podem não ser os mais interessantes, uma vez que a poupança apresenta baixa rentabilidade e, como saliente José Vignoli, educador financeiro do SPC Brasil, “as discussões atuais em torno da reforma da previdência sugerem que, nos próximos anos, será cada vez mais difícil contar com os recursos deste sistema para a aposentadoria”.

Assim, cabe aos jovens buscar uma forma de investimento segura e rentável, como o consórcio de imóveis. Por meio de um produto chamado Aposentadoria Imobiliária, a Ademilar permite aos consorciados o planejamento de um futuro tranquilo, no qual será possível manter o padrão de vida.

Na Aposentadoria Imobiliária Ademilar, o cliente adquire uma cota de consórcio e, na contemplação, compra um imóvel para locação. Com o valor do aluguel, paga as parcelas restantes do plano e repete a operação, até formar uma carteira de imóveis. Com isso, o consorciado garante renda vitalícia, além de um patrimônio.

Veja também: A importância de planejar a aposentadoria ainda jovem

—————————————————————————————–

A Ademilar é especialista em consórcio de investimento imobiliário e, desde 1991, já atendeu mais de 25 mil clientes. Para comprar, construir, reformar, investir em imóveis, garantir o futuro dos filhos e fazer uma Aposentadoria Imobiliária Ademilar, contamos com uma equipe especializada.

Acesse o site ou agende uma visita! https://www.ademilar.com.br/

———

Sobre a Ademilar

A Ademilar é especialista e pioneira em consórcio de imóveis no Brasil, desde 1991 já atendeu mais de 50 mil clientes e comercializou mais de 10,5 bilhões em créditos. Se o seu objetivo é comprar, construir, reformar, investir em imóveis, garantir o futuro dos filhos ou fazer uma aposentadoria imobiliária, a Ademilar irá te ajudar a planejar o seu futuro e o de sua família!

Acesse o site e faça uma simulação www.ademilar.com.br

Conheça mais sobre consórcio

2 comentários em “Quatro a cada dez jovens não se preparam para a aposentadoria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *