Como reativar a sua cota e voltar a pagar o consórcio

Como reativar a sua cota e voltar a pagar o consórcio - Ademilar

Nós sabemos, imprevistos acontecem. Em certos momentos, pode ser difícil continuar cumprindo com alguns compromissos financeiros. Quem tem um consórcio às vezes se vê obrigado a abandonar este investimento. Mas não se preocupe, após se reorganizar é possível reativar a cota e dar continuidade à conquista dos seus projetos.

Mas afinal, o que significa reativar a cota?

Como explica a ABAC (Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios), a reativação acontece quando o consorciado excluído retorna ao grupo de consórcio. O termo “excluído” é usado pelo Sistema de Consórcios para identificar os consorciados que deixaram seus grupos, seja porque solicitaram a saída à administradora, seja porque deixaram de pagar as prestações. Em geral, o consorciado é considerado excluído quando deixa de pagar 3 parcelas.

Na Ademilar, como explica Renan Alves Ribeiro, gerente de Cobrança e Reativação, a equipe de atendentes faz um contato ativo com os clientes já com 2 prestações em atraso, justamente para evitar que eles se tornem consorciados excluídos. Neste momento, a administradora sugere formas de negociação, como a redução do valor do crédito, ou então de parcelamento das prestações em atraso ao longo do prazo do grupo, para que o cliente consiga continuar investindo nos seus projetos.

Qual a vantagem de reativar a cota?

Quando o consorciado é excluído, ele passa a participar do sorteio das cotas canceladas e ao ser sorteado irá receber o ressarcimento do valor que pagou, com o abatimento de quebra contratual e taxa administrativa.

Os consorciados que estão com as suas parcelas em dia, por outro lado, concorrem ao crédito para realizar seus projetos imobiliários. Então, a vantagem de reativar a cota é justamente esta: concorrer ao crédito e não à parte do que foi pago. “O bônus é muito maior para quem está com a cota ativa”, salienta Renan.

Como evitar que a cota seja cancelada?

Cancelar a cota não vale a pena, afinal, esta é uma decisão que costuma causar grande frustração, uma vez que você deixará de realizar um importante objetivo, como a compra do imóvel próprio, por exemplo. Além disso, não receberá o valor pago de imediato nem a integralidade do investimento.

Ao perceber que está difícil cumprir com os seus compromissos financeiros, entre em contato com a administradora para tentar encontrar uma alternativa, que pode ser a redução do crédito. Esta é uma opção interessante quando as parcelas não estiverem mais cabendo no orçamento. O processo costuma ser bastante simples, mas é preciso que dentro do grupo existam cotas de menor valor disponíveis.

Outra saída é transferir a cota para um terceiro. Vale ressaltar que neste caso a responsabilidade em encontrar outra pessoa para assumir a cota é do consorciado.

Como reativar a minha cota?

Se você teve que cancelar a sua cota e agora deseja voltar a investir nos seus projetos, o primeiro passo é entrar em contato com a administradora. A equipe da Ademilar analisa a situação do consorciado e, individualmente, propõe a melhor solução de acordo com a necessidade dele.

Ainda, informe-se sobre o valor a ser pago (as prestações que estavam em atraso podem ser diluídas ao longo dos meses que restam para o encerramento do grupo) e também sobre o novo valor das parcelas e avalie seu orçamento.

Tem dúvidas sobre o consórcio?

Confira o e-book da Ademilar e entenda como funciona o consórcio. Clique aqui e baixe gratuitamente o material.

Veja também: Por que o consórcio é um bom negócio

Sobre a Ademilar

A Ademilar é especialista e pioneira em consórcio de imóveis no Brasil, desde 1991 já atendeu mais de 50 mil clientes e comercializou mais de 10,5 bilhões em créditos. Se o seu objetivo é comprar, construir, reformar, investir em imóveis, garantir o futuro dos filhos ou fazer uma aposentadoria imobiliária, a Ademilar irá te ajudar a planejar o seu futuro e o de sua família!

Acesse o site e faça uma simulação www.ademilar.com.br

Conheça mais sobre consórcio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *