Casos em que o FGTS pode ser usado em consórcios de imóveis

Casos em que o FGTS pode ser usado em consórcios de imóveis - Ademilar

Desde março de 2010 já é possível utilizar os recursos da conta do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para amortizar, liquidar e pagar parte das prestações de consórcios imobiliários.

Segundo as recentes disposições da CEF (agosto de 2001), o benefício pode ser utilizado pelos consorciados que já tenham sido contemplados com a carta de crédito e com ela adquirido o imóvel. Além disso, a conta do FGTS deve ser a mesma do titular do consórcio.

Porém, se o cônjuge, companheiro, ou terceiro figurar no contrato de compra como coadquirente, seu FGTS também poderá ser utilizado para complementar o valor da carta de crédito. Para isso, a administradora poderá solicitar a sua adesão também no contrato de consórcio.

Entre as exigências para a liberação do FGTS nesses consórcios, está também a necessidade de que o bem seja residencial urbano e esteja situado na localidade em que o beneficiado trabalhe ou more há mais de um ano. Mas em regiões metropolitanas é possível usar o fundo para adquirir residências em cidades vizinhas. Em todo caso, a utilização do FGTS é permitida para abatimento no consórcio de imóveis com valores de até R$ 500 mil.

Além disso, o consorciado não pode ser dono de outro imóvel no local nem pode, na data da compra da residência, ter em seu nome financiamento ativo do Sistema Financeiro da Habitação (SFH).

Continua valendo o uso do FGTS para complementar o valor da carta de crédito e fazer lances de contemplação, bem como os demais usos que já eram permitidos.

Faça uma simulação de consórcio e veja como pode ser simples e econômico construir, comprar ou reformar um imóvel.

Sobre a Ademilar

A Ademilar é especialista e pioneira em consórcio de imóveis no Brasil, desde 1991 já atendeu mais de 50 mil clientes e comercializou mais de 10,5 bilhões em créditos. Se o seu objetivo é comprar, construir, reformar, investir em imóveis, garantir o futuro dos filhos ou fazer uma aposentadoria imobiliária, a Ademilar irá te ajudar a planejar o seu futuro e o de sua família!

Acesse o site e faça uma simulação www.ademilar.com.br

Conheça mais sobre consórcio

5 comentários em “Casos em que o FGTS pode ser usado em consórcios de imóveis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *