A volta do papel de parede

A volta do papel de parede - Ademilar
A sala de jantar da bancária aposentada Eliani Raquel Fontes Lima

O portal de notícias do jornal Gazeta do Povo repercutiu há alguns meses uma matéria sobre o retorno do papel de parede na decoração dos ambientes. De acordo com o periódico, com uma nova proposta agora os papéis são usados apenas em uma das paredes (do quarto, sala ou banheiro), e não mais em todo o espaço, como era feito em seu auge, nas décadas de 1970 e 1980.

Oferecendo aconchego, requinte e sofisticação, esses papéis voltaram com altíssima tecnologia e muita arte. Essa é a opinião de Leda Baggio, proprietária de uma loja de decoração em Curitiba. Para a coordenadora de projetos de apartamentos decorados, Ana Maria Gava, eles são arrojados e modernos, bastando apenas uma parede decorada para dar personalidade ao ambiente.

O mercado, que possui coleções nacionais e estrangeiras, tem nos produtos europeus os maiores destaques. Laváveis e com maior resistência à umidade, esses papéis se sobressaem também pelos efeitos, texturas e qualidade do material. leia+