Dicas Financeiras 10 maio / 2019

Como fazer seu dinheiro render até o fim do mês?

Como fazer seu dinheiro render até o fim do mês? - Ademilar

Controlar as finanças pessoais é um grande desafio para muitos. Segundo notícia divulgada no portal da SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito), 64% dos brasileiros raramente conseguem ter sobra de dinheiro no fim do mês, e a maioria admite não aproveitar a vida como gostaria, principalmente por falta de controle das finanças.

Um dos primeiros passos para controlar o orçamento pessoal é saber o quanto entra e o quanto sai de dinheiro durante todo o mês. Quando você trabalha com um salário fixo mensal, isso fica mais fácil.

Para quem não possui salário fixo, é importante ter em mente uma média de ganho mensal ou saber exatamente o plano de gastos no mês para estipular qual é o ganho mínimo necessário.

Assim que souber quanto entrará de dinheiro, é preciso separar as despesas fixas das variáveis. Você sabe a diferença?

 

  •  Despesas fixas: contas que você paga todos os meses – sempre ou por um longo período. Lembre-se de que elas não precisam ter um valor exato, por exemplo, em um mês você pode gastar R$ 90 e, em outro, R$ 80.

 

  •  Despesas variáveis: o que você paga “uma única vez”, como gastos com presentes, vestuário ou farmácia.

 

Finalizando o diagnóstico até aqui, você terá o total controle dos valores de recebimento e pagamento, conseguindo assim distribuir sua renda mensal da melhor forma possível e assumir novas despesas com mais sabedoria. Pode parecer básico, mas esse princípio de ganho e gasto fará toda a diferença para você controlar seu dinheiro até o fim do mês.

Recebendo sua renda mensal, separe a quantia necessária para o pagamento das contas fixas, assim você diminui o risco de atrasá-las e acabar acumulando dívidas. Após essa separação, ficará claro o quanto sobra para você gastar no restante do mês.

Com o que sobrar, você estará livre para as despesas variáveis, mas sempre gastando de forma controlada, usando o cartão de crédito com responsabilidade e comprando somente o necessário.

Se você chegou até aqui e percebeu que as suas despesas atuais já ultrapassam o valor de recebimento mensal, saiba que isso é natural. Afinal, por ainda não ter o controle total das finanças, você pode ter assumido despesas que comprometem sua renda total.

Pense que este é um começo e leve em consideração as seguintes dicas:

 

  • Quando pensar em assumir qualquer outro gasto, volte ao seu diagnóstico inicial e perceba se você conseguirá arcar com ele sem sufocos no fim do mês.
  • Não considere o cheque especial seu dinheiro. Se precisar utilizar, que seja para emergências.
  • Possui dívidas? Negocie o quanto antes e em condições que caibam na sua renda mensal (com o controle inicial de gastos, você poderá programar isso).
  • Se as despesas ultrapassam sua renda mensal e não é mais possível fazer cortes, é hora de usar a criatividade e escolher a melhor maneira de passar por essa fase. Analise formas extras de ganho por um curto período, isso pode contribuir para colocar as finanças em ordem.

 

Mantenha este controle mensal e o hábito de fazer o diagnóstico de recebimento e pagamento mesmo não tendo uma renda fixa mensal.

É importante controlar sua conta corrente diariamente, dentro de alguns meses você será capaz de organizar suas finanças e incluir nos seus objetivos mensais um investimento de médio a longo prazo, como um consórcio.

Veja também: Como economizar morando sozinho

—————————————————————————————–

A Ademilar é especialista em consórcio de investimento imobiliário e, desde 1991, já atendeu mais de 50 mil clientes. Para comprar, construir, reformar, investir em imóveis, garantir o futuro dos filhos e fazer uma Aposentadoria Imobiliária Ademilar, contamos com uma equipe especializada.

Acesse o site ou agende uma visita! http://www.ademilar.com.br/

———

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *