Motive-se a planejar a aposentadoria

Motive-se a planejar a aposentadoria - Ademilar

Como você imagina a sua aposentadoria? Seja qual for o futuro que você idealiza, é fundamental se planejar desde cedo. Como temos a sensação de que a terceira idade demora para chegar, é comum que as pessoas adiem o planejamento da aposentadoria e foquem somente nos projetos presentes. Para motivá-lo a mudar esta realidade, separamos alguns projetos possíveis:

leia+

Como planejar a aposentadoria

Como planejar a aposentadoria - Ademilar

Se você parasse de trabalhar hoje, por quanto tempo conseguiria manter o padrão de vida atual? Três, seis meses? Um ano? Planejar a aposentadoria é essencial para desfrutar de um futuro tranquilo, com uma situação financeira confortável. E quem leva vantagem é o jovem, que tem o tempo a seu favor. Vale lembrar, no entanto, que o ditado “antes tarde do que nunca” também se aplica aqui, o importante é ter disciplina.

leia+

Quatro a cada dez jovens não se preparam para a aposentadoria

Quatro a cada dez jovens não se preparam para a aposentadoria - Ademilar

Quem quer ter uma aposentadoria tranquila precisa começar a se planejar desde cedo. Este é o conselho unânime entre os especialistas. Embora os jovens tenham facilidade para acessar a internet e outras fontes de informação, ainda é grande a parcela daqueles que não se preparam para um futuro confortável, especialmente em uma sociedade imediatista, em que o planejamento a longo prazo não é um hábito.

leia+

A importância de planejar a aposentadoria ainda jovem

A importância de planejar a aposentadoria ainda jovem - Ademilar

A reforma da previdência apresentada pelo governo federal é um dos assuntos que mais têm gerado debates e preocupação entre os brasileiros. De acordo com as regras propostas, para receber a aposentadoria integral o trabalhador terá que contribuir por 49 anos, e a idade mínima para se aposentar passará a ser 65 anos. O novo formato valerá para homens e mulheres com menos de 50 e 45 anos, respectivamente.

leia+

Mais independência na terceira idade

Mais independência na terceira idade - Ademilar

Se antes a casa dos filhos ou os asilos eram os locais aos quais os idosos se dirigiam quando a idade avançava, atualmente a realidade é outra. Entre 1992 e 2012, o número de idosos vivendo sozinhos triplicou no país, saltando de 1,1 milhão para 3,7 milhões. De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no mesmo período, a população com mais de 60 anos passou de 11,4 milhões para 24,8 milhões.

leia+